Sábado, 24 de Dezembro de 2005

Boas Festas

diego_natal2006.JPG


O Diego_Meu_Anjinho deseja as Boas Festas:


:) a todos os visitantes que diariamente nos procuram e deixam a sua opinião e apoio ao nosso trabalho!


:) ao FCPorto (Sr.Presidente Jorge Nuno Pinto da Costa, Jogadores, Equipa Técnica, Médica...)


:) ao Diego, fonte de inspiração deste blog, pelo qual todos os dias a nossa admiração vai aumentando e ganhando mais força para continuar este trabalho!


:) ao Hélder Barbosa, meu ídolo nº2, que acompanho desde dos juniores e que tenho visto a cresçer na carreira com grande felicidade! Parabéns!


:) ás suas famílias, em especial, a namorada do Hélder Barbosa!


:) por fim, á Maria (Postiga_The_Best) por ser uma amiga e parceira 6****** e pela qual tenho um carinho enorme! Aproveito também para lhe agradeçer mais uma vez esta excelente montagem!


:) á Fumiga, amiga que apesar de não estar a algum tempo comigo está dentro do meu coração e a qual tenho que agradeçer pois sem ela não existia Diego_Meu_Anjinho! Obrigada amiga!


Boas Festas!


 Diego na equipa de Robinho:


Robinho e Roberto Carlos realizam nesta segunda-feira, em São Paulo, um jogo de beneficência intitulado «Futebol Solidário», que contará com a presença do portista Diego e com o sportinguista Deivid, para além das estrelas Ronaldo, Vágner Love, Elana e os ex-portistas Luís Fabiano e Carlos Alberto.


Roberto Carlos ainda espera contar com Ronaldinho Gaúcho «nem que seja para dar o pontapé de saída, porque é o melhor do mundo». Para além dos jogadores, a partida terá a participação de cantores (como Chitãozinho, Marrone, Toni Garrido, Alexandre Pires, Daniel e o grupo KLB), do piloto Felipe Massa e de actores.


A equipa de Roberto Carlos será constituída por Sérgio (Palmeiras), Cicinho (São Paulo), Júlio Baptista (Real Madrid), Carlos Alberto (Corinthians), Ronaldo (Real Madrid), Vágner Love (CSKA Moscovo) e Deivid (Sporting). Ao lado de Robinho vão alinhar Ronaldo (Portuguesa Santista), Athirson (Bayer Leverkusen), Renato (Sevilla), Elano (Shakhtar Donetsk), Diego (Porto), Denílson (Bordéus) e Marcinho (Palmeiras).


Diego de partida para o Brasil:


Diego está de regresso à melhor forma e a sua influência na equipa faz-se sentir. De partida para férias, o portista desejou que 2006 esteja recheada de títulos e espera ser campeão português.


«Comecei a época muito bem física e psicologicamente. Fiz sete jogos muito bons. Depois, seguiram-se 5 ou 6 partidas em que fui pouco utilizado. Foi uma fase que não me fez bem. Trabalhei da mesma forma, mas as coisas podiam-me ter corrido melhor. Trabalhei para superar essa fase e, nas últimas partidas, tenho jogado os 90 minutos, conforme é o meu desejo. Jogar frequentemente permite-nos ganhar ritmo e confiança. Com uma maior utilização consigo crescer mais enquanto jogador e ganho a confiança de toda a gente. Só com minutos de jogo isso é possível», abordou, concordando com a ideia de que está em crescendo de forma.


Nesta progressão haverá algum trabalho de base efectuado por Co Adriaanse: «Cobrou bastante, nomeadamente no que diz respeito aos remates à baliza. Houve mais alguns detalhes, mas nada de específico. Conversava comigo, por isso penso que o aumento da minha produtividade teve o contributo do técnico».


Totalmente concentrado no F.C. Porto, Diego não deixa de pensar também no Mundial da Alemanha, apesar de ser um horizonte longínquo, pelo simples facto de não ter vindo a ser convocado. «Ir ao Mundial é um objectivo que tenho muito vivo em mim, pois estive sempre muito próximo do escrete e fui convocado para todas as categorias. Confesso que me incomoda estar de fora dos eleitos, mas sei que em primeiro lugar tenho de estar bem no F.C. Porto e necessito que o clube vença. Se isso acontecer, com certeza que alcanço o meu objectivo», abordou.


E, neste sentido, as coisas têm corrido bem, pois a equipa está em primeiro lugar no campeonato português. «Acho que é cedo para dizer que vamos ser campeões, mas não escondemos que é esse o nosso objectivo. Além dos "grandes", temos também o Sp. Braga e o Nacional na luta pelo título. São todos adversários perigosos», considerou, apresentando cautelas: «Temos cumprido com a nossa obrigação, mas o campeonato está muito equilibrado. Vai ser difícil, mas lutaremos com todas as nossas forças, pois sabemos que o título será decidido nos jogos de menor expressão.»


Diego, de tão cauteloso, nem sequer quer apresentar o F.C. Porto como favorito à conquista do título: «Sou muito suspeito, mas posso dizer que estou muito satisfeito com a qualidade de futebol que temos apresentado. Temos vencido e convencido, mas não posso dizer se somos ou não os favoritos. O que posso dizer é que estamos todos de parabéns».


Fonte:MaisFutebol

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 11:09

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 23 de Dezembro de 2005

Guimaraes-0 FCPorto-2

Um golão de Quaresma, num remate arqueado, abriu caminho à vitória do FC Porto, que mantém a concorrência à distância. Jorginho confirmou depois os três pontos que afundam ainda mais o Guimarães na tabela


Genialidade. O pé direito de Quaresma traduziu a palavra no relvado com um golo que merece um camião de adjectivos. A resistência do Guimarães esfumou-se nesse momento, encravando em definitivo na incapacidade de lhe dar resposta. Suportado no equilíbrio de um onze que começa a entender-se, o FC Porto fechou as contas de 2005 com um saldo favorável. O ano dobra-se a olhar a concorrência de cima, abrindo caminho a umas férias tranquilas e despejando sobre as costas de outros o peso da responsabilidade de uma perseguição.

O Guimarães afunda-se mais um pouco, com algumas culpas próprias para reflectir. Vítor Pontes tricotou uma estratégia de malha apertada, procurando estrangular a criatividade do adversário sem anular a da sua equipa. O plano ideal. Se resultasse, claro. A primeira medida desse cuidado espelhou-se na direita, onde, sem surpresas, surgiu Svard. O sueco tem um físico de impor respeito, ao jeito de um armário onde o treinador dos vimaranenses contava fechar o talento de Quaresma. Repita-se: seria o plano ideal; se resultasse, claro. Mas não resultou. Quaresma enfiou o marcador num bolso, arrancando da esquerda um par de cruzamentos que incomodaram a defesa do Guimarães. Daí ao golpe definitivo foi um fósforo: mais ou menos da mesma zona de onde costuma cruzar, Quaresma decidiu experimentar algo novo - um remate. O ângulo, apertado, não sugeria tamanha loucura, mas, na cabeça do extremo, as loucuras não têm tamanho e o pontapé à baliza saiu mesmo. Em arco, de volta perfeita sobre a cabeça dos defesas, Nilson incluído, antes de se confirmar em golo. E que golo. A vantagem do FC Porto traduzia a superioridade num ponto central do terreno. O meio-campo, precisamente. Flávio Meireles tentava controlar Diego, mas fazia-o a uma distância perigosa; Neca confundia-se entre a vigilância a Lucho e a necessidade de estruturar parte do jogo do Guimarães; Benachour, apesar de algumas ameaças, arrefecia à sombra de Paulo Assunção. O Guimarães ainda esboçou uma resposta à desvantagem, mas o melhor que conseguiu da primeira parte foi mesmo a lesão de Quaresma. 
 


Jorginho para rir, e Jorginho a rir


56482402.jpg



Saber como reagiriam os portistas à ausência do seu quebra-cabeças mais persistente era uma das interrogações prioritárias da segunda parte. Vítor Pontes ainda aguentou a aposta inicial, mas por pouco tempo. Do coldre tirou Targino, veloz como uma bala com a qual o treinador do Guimarães pensava furar a defesa adversária. Que tinha, sublinhe-se, dois centrais amarelados desde os primeiros vinte minutos. A resposta do FC Porto, encavalitado nos ombros de Diego, foi demolidora, ainda que tenha começado por ser anedótica: Diego desenhou um golo para Jorginho, que o apagou sem saber como. Isolado, e depois de tirar Nilson do caminho, o brasileiro tropeçou na bola, nele próprio e nos fantasmas que o perseguem de há uns tempos, falhando a tranquilidade. Por segundos, apenas. Se for crente, Jorginho há-de repetir até à exaustão a lengalenga do escrever-se direito por linhas tortas: nem um minuto depois de tamanho desatino, o avançado voltou a ser abençoado por uma inspiração de Diego, apoiada por toques subtis de McCarthy e Lisandro, redimindo-se do erro anterior. A história do jogo terminava aí, deixando os vimaranenses amarrados na descrença. Manoel e Moreno foram lançados no desespero de uma inclinação inconsequente sobre a baliza de Baía, da qual os portistas tentavam tirar partido com contra-ataques perigosos. Perderam alguns golos de forma displicente, mas seguraram o essencial: três pontos que permitem virar o ano de pulmões bem oxigenados. 
 


Ficha de jogo


56482393.jpg




Estádio Afonso Henriques | relvado: bom estado | espectadores: 18 154 | árbitro: Paulo Baptista, da AF de Portalegre | assistentes: José Ramalho e Paulo Carrilho | 4º árbitro: João Roque


Guimarães 0 - FC Porto 2
GOLOS [0-1] Quaresma 22', [0-2] Jorginho 59'


FC Porto
99 Vítor Baía GR
3 Ricardo Costa LD
14 Pepe DC
4 Pedro Emanuel DC
21 César Peixoto LE
18 Paulo Assunção MD
8 Lucho González MD
20 Diego MO
11 Lisandro López AD 81'
7 Quaresma AE 46'
9 McCarthy AV 66'
T: Co Adriaanse
1 Helton GR
22 Sonkaya DC
35 Marek Cech DE
6 Ibson MD
17 Jorginho MO 46'
27 Alan AD 66'
39 Hugo Almeida AV 81'


amarelos 18' Pepe, 19' Pedro Emanuel
vermelhos nada a assinalar 
 


Estatística


FC Porto
8 remates
0 poste
3 à baliza
2 golos
3 fora
1 pequena-área
5 grande-área
2 fora da área
25 eficácia remate/golo
23 faltas cometidas
2 cantos
3 foras-de-jogo


 Diego 8


foto1.jpg


Abriu auto-estradas no ataque com meia-dúzia de passes brilhantes. Num deles, Jorginho marcou o segundo golo, mas antes havia falhado de forma incrível. O médio brasileiro agradeceu os espaços concedidos pelo Guimarães na segunda parte e arrancou para uma exibição consistente e inteligente.
 


Fonte:OJogo


Imagens:Gettyimage e JN

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 10:16

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2005

Convocados para o Guimaraes

_foto_.jpg 


As entradas de Bruno Alves e Ivanildo são as novidades nos convocados do F.C. Porto para o encontro de amanhã com V. Guimarães, que está marcado para as 21h30, no Estádio D. Afonso Henriques.

 

Para o desafio da 16ª jornada da Liga, Co Adriaanse chamou os seguintes atletas: Alan, Bruno Alves, Cech, César Peixoto, Diego, Hélton, Hugo Almeida, Ibson, Ivanildo, Jorginho, Lisandro, Lucho, McCarthy, Paulo Assunção, Pedro Emanuel, Pepe, Quaresma, Ricardo Costa, Sonkaya e Vítor Baía.

 

Entretanto, o plantel azul e branco efectuou durante a tarde de hoje, no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, o derradeiro treino antes do jogo com a formação vimaranense.

 

Ausentes da sessão estiveram Sokota, Bruno Moraes e Hélder Barbosa que desenvolveram treino condicionado, ginásio e tratamento.

 

Fonte:FCPorto
publicado por Diego_Meu_Anjinho às 18:28

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2005

Diego distribui sorrisos

 Apesar de Diego ser uma estrela reconhecida no Brasil e na Europa por suas jogadas de craque, uma delas se destaca não no campo de futebol, mas no campo da solidariedade.

Mesmo longe, Diego tem um carinho todo especial com as crianças carentes do Brasil.

Neste fim de ano, Diego, representado por sua irmã Djenane e seu cunhado Danilo, distribuiu diversos presentes para crianças de 9 entidades entre creches e lares para crianças, da cidade de Ribeirão Preto.

Devido os seus compromissos na Europa com o FC Porto, Diego não pôde estar presente na entrega, mas com certeza as crianças puderam sentir o amor e carinho que ele quis passar, mesmo de longe, carinho este que foi retribuído em forma de sorrisos, cartinhas, cartazes e diversas formas de manifestações.

 »
Casa da Criança Santo Antônio
» Creche Casa de Emmanuel Bênção da Paz
» Creche Lar Escola Aprendizes do Evangelho
»
Creche Lar Irmã Izolina
» EEI Creche Modelo de Vila Virgínia
» EEI Eurípedes Barsanulfo (Casas de Betânia)
» Lar Escola da Criança 25 de Dezembro
» Núcleo Vida Nova
» Sociedade Beneficente Espírita Nave da Saudade


Diego vai dar prendas a crianças de Ribeirão Preto



O médio brasileiro Diego vai distribuir hoje e amanhã presentes de Natal a cerca de duas mil crianças de Ribeirão Preto, a cidade que o viu nascer e que fica situada no Estado de São Paulo. Os meninos, que têm no máximo 10 anos, vão receber do craque portista uma bola, no caso de serem rapazes, ou uma boneca, se forem raparigas, prenda à qual se juntará um pequeno lanche e um cartão postal do jogador. "É um prazer poder ajudar quem precisa. Espero que esses brinquedos tornem o Natal dessas crianças mais feliz, pois é isso que mais importa", afirmou. No entanto, os presentes não vão ser entregues pessoalmente pelo internacional canarinho, que por esta altura ainda se encontra em Portugal, devido aos compromissos do FC Porto. Nesse sentido, será Djair Cunha, pai e empresário, a representar o craque e a coordenar a acção de beneficência. Relembre-se que esta é a segunda vez que o médio brasileiro tem esta iniciativa. Já no Natal passado, o jogador distribuiu cerca de 1 600 presentes por algumas escolas da cidade de Ribeirão Preto.


Fontes:Diego10 e OJogo

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 20:38

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Domingo, 18 de Dezembro de 2005

Tudo sobre Penafiel!

     Dar a volta por cima


O FC Porto aprendeu a virar resultados, conseguindo-o pela segunda vez e de forma consecutiva. O Penafiel entrou a ganhar, mas não resistiu muito tempo. A vitória permite aos portistas dobrar o ano na liderança do campeonato, independentemente do que acontecer em Guimarães


Reviravolta. Foi a segunda do FC Porto no espaço de uma semana, o que não deixa de ser um sinal de experiência numa equipa que, como Adriaanse não se cansa de repetir, é muito jovem. Aprender a não sucumbir aos primeiros erros, como aqueles que originaram as desvantagens de ontem e de Leiria, é uma prova segura de maturidade. Atesta um crescimento que, conjugado com a liderança, pode resultar num empurrão definitivo para o que falta do campeonato.

Deixando o futuro de parte e voltando atrás: Adriaanse não mexeu no onze, o que não deixava de ser uma novidade. É bem provável que alguns tenham concluído que dessa estabilidade de três jogos consecutivos a apostar nos mesmos resultaria um entendimento de olhos fechados. A parte dos olhos fechados começou por estar certa. O FC Porto entrou embalado num remate inesperado de Bruno Amaro, mas esse sinal de alarme não foi, na altura, suficientemente ensurdecedor para o acordar. Quaresma bem que tentava injectar alguma cafeína, experimentando também os rins de Pedro Moreira. Faltava, ainda assim, quem desse seguimento a um esforço, que, por duas vezes, esbarrou nos ferros. O Penafiel aproveitava esse desacerto inicial para capitalizar um dos dois remates - em todo o jogo - com a direcção certa, enchendo os pulmões para a inevitável resistência. Que estava alinhavada. Luís Castro improvisou com a matéria-prima disponível, procurando criar uma barreira sólida à criatividade portista. Fê-lo antes de imaginar que começaria em vantagem e o golo só acrescentou argumentos à estratégia, reforçando os planos de vigilância antecipadamente preparados. Weligton era a tradução fiel desse espírito. Disseram-lhe para ser sombra de Diego e devem-lhe ter dito também que o brasileiro era, ele próprio, uma bola, o que explica as duas primeiras entradas do penafidelense às pernas do adversário. Um erro de cálculo que, mais tarde, viria a ser-lhe fatal. 
 


Lucho a dobrar


56448209.jpg



Houve outra fatalidade antes dessa. Paulo Assunção foi o motor de uma arrancada, que prosseguiu depois nos pés de Lisandro e de McCarthy, ganhando força num remate colocado de Lucho que Nuno Santos viu escapar-lhe dos dedos. O FC Porto empatava e acordava em definitivo para o jogo. A adrenalina desse lance espevitou-lhe o ânimo, abrindo caminho a uma reviravolta que não tardou muito. Surgiu bem rápida, de penálti, após insistência de Ricardo Costa e azar de Weligton, que acertou nas pernas de Quaresma em zona proibida. Lucho não se incomodou com a responsabilidade, devolvendo o sossego aos portistas.


A segunda parte foi praticamente jogada em sentido único. Luís Castro experimentou Orahovac, Roberto e ainda estreou Guedes. Sem grandes efeitos, já que o FC Porto assumiu sem tréguas o controlo das operações. Paulo Assunção, Diego, Quaresma, Lisandro e Lucho estavam particularmente animados. Os três últimos desenharam o terceiro golo, com uma simplicidade que deu nas vistas: Lucho estendeu uma passadeira a Quaresma, que, prosseguindo a gentileza, estendeu outra a Lisandro. E ponto final nas gentilezas. O avançado argentino tratou de dar o seguimento devido à assistência, permitindo a Adriaanse apostar na gestão de esforços. Quaresma saiu para a ovação e, depois, McCarthy cedeu o lugar a Hugo Almeida. As palmas aqueceram a festa, mais do que garantida. 
 


Ficha de jogo


56448208.jpg



Estádio do Dragão| relvado: Excelente | espectadores: 30.108 | árbitro: Soares Dias, da AF do Porto | assistentes: João Santos e Vítor Carvalho | 4º árbitro: Jorge Saramago


FC Porto 3 - Penafiel 1
GOLOS [0-1] Bruno Amaro 01', [1-1] Lucho 40', [2-1], Lucho 44' g.p., [3-1] Lisandro 55'


FC Porto
99 Vítor Baía GR
3 Ricardo Costa LD
4 Pedro Emanuel DC
14 Pepe DC
21 César Peixoto LE
18 Paulo Assunção MD
8 Lucho González MD
20 Diego MO
7 Quaresma AE 68'
11 Lisandro López AD
9 McCarthy AV 76'
T: Co Adriaanse
1 Helton GR
22 Sonkaya DD
35 Marek Cech DE
6 Ibson MD
17 Jorginho MO 68'
27 Alan AD
39 Hugo Almeida AV 76'


ESTATÍSTICA DO JOGO


FC Porto
11 remates
2 poste
2 à baliza
3 golos
4 fora
1 pequena-área
7 grande-área
3 fora da área
27,2 eficácia remate/golo
16 faltas cometidas
10 cantos
4 foras-de-jogo


 


Diego 6


56448210.jpg



Se não tivesse exagerado em alguns lances individuais, teria melhor nota. Chamou a si a organização do jogo, mesmo tendo Weligton como sombra, mostrando boa leitura de jogo, sobretudo nas combinações com Quaresma. Deu uma ajuda atrás sempre que necessário.


fcp_penafiel.jpg
 


O nome de Sonkaya é a grande novidade na convocatória do F.C. Porto para o jogo com o Penafiel. O último desafio do defesa direito turco aconteceu à quarta jornada, no dia 18 de Setembro, quando os azuis e brancos mediram forças com o Sp. Braga. Depois deixou de ser convocado e recentemente participou num desafio da equipa B, frente ao Paredes, num encontro em que também participaram Paulo Ribeiro, Bruno Alves e Raul Meireles, todos do plantel principal.


Sonkaya rende Bosingwa, por opção técnica, numa lista de convocados para o jogo com o Penafiel que não conta com a participação de Ivanildo, também por opção técnica. O encontro com o último classificado da Liga está agendado para amanhã, sábado, às 21,15 horas no Estádio do Dragão.


Bruno Moraes e Sokota fizeram treino condicionado, ginásio e tratamento e prosseguem o trabalho de recuperação das respectivas lesões. Hélder Barbosa esteve sob o cuidado do departamento médico por causa de uma entorse no tornozelo direito.


Convocados
Guarda-redes: Vítor Baía e Hélton
Defesas: Sonkaya, Cech, César Peixoto, Pedro Emanuel, Pepe e Ricardo Costa
Médios: Diego, Ibson, Jorginho, Lucho González e Paulo Assunção
Avançados: Alan, Hugo Almeida, Lisandro López, McCarthy e Quaresma.


Fontes:MaisFutebol e OJogo


Imagens:Gettyimage

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 13:40

link do post | comentar | favorito

♥Ele


Nome: Diego Ribas da Cunha
Data de Nascimento: 28-02-1985
Local de Nascimento: Ribeirão Preto
Nacionalidade: Brasileira
Altura: 1.73
Peso: 73 kg
Posição: Médio Ofensivo
Equipa Actual: Werder Bremen
Principais Títulos: 2 Campeonatos Brasileiros (2002 e 2004), pelo Santos;1 Campeonato Português (2006), pelo FCPorto; 1 Supertaça Portuguesa (2004) e 1 Taça Intercontinental (2004), pelo FCPorto; 1 Campeonato Sul-Americano, pela Selecção do Brasil de Sub-17, 1 Torneio de Toulon e 2 Copa América (2004 e 2007), 1 Torneio Ilhas Canárias pela Selecção Sub-17 (2001) e 1 Taça da Liga da Alemanha, pelo Werder Bremen (2006)
Site Pessoal: www.diego10.com.br

♥Comenta


♥Linka-me




♥Deixa a tua mensagem ao Diego

clubediego@hotmail.com

♥Parceira


♥Concursos





Sports blogs
Estou no Blog.com.pt

 

♥Multimédia



Questionário Diego Meu Anjinho




♥Links

Site Oficial do FCPorto
Site Oficial do Diego
Flog do Diego na Copa América
Postiga The Best
Moon Girl
Nação Portista
Maniche O Motor
Diego da Vila
Diego Ribas 10
Diego Da Vila Forever
Grupo Hélder Barbosa
Grupo Ricardo5, Ibson31 e Lucho8
Grupo Lucho González
Grupo Amo-te Porto
Flog Amo-te Porto
Flog Amo-te Porto da Daniela
Diego Ribas FC
Blog Tripeiras
Blog FCP Mirandela
Flogão Diego Ribas
Fotolog Diego O Ribas

♥Translator

♥Posts recentes

Actualização

Diego confiante

Depois da recuperação, Di...

A dar uma actualizadela :...

Finalmente consegui actua...

Bremen empata na Liga dos...

Diego ajuda na vitória do...

Diego brilha na Selecção

O bronze olimpico e a der...

Brasil a caminho do ouro!

♥Arquivos

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

♥Visitas

Free Hit Counters


Desde 26-06-2005
online