Terça-feira, 13 de Dezembro de 2005

Fotuxas novas***

di22222.jpg di222.jpg di2222.jpg


Fotinhas do Diego enviadas pela minha querida amiga Daniela! Passem no grupo dela está sempre actualizado e muito bonito acreditem! Obrigada minha linda! Adorei as fotos! Adoro-te muitooo***

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 21:53

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 11 de Dezembro de 2005

Leiria-1 FCPorto-3 e Diego a facturar :)

O FC Porto ganhou ao Leiria, concluindo, com uma vitória convincente, uma semana que podia ter sido traumatizante. Os portistas até estiveram a perder, mas reagiram à desvantagem com uma reviravolta fulminante que lhes garante a liderança isolada do campeonato
 

Se há males que vêm por bem, a deslocação do FC Porto ao sempre complicado campo do União do Leiria foi exactamente o que o médico receitou para curar a ressaca da eliminação prematura na Liga dos Campeões. Uma vitória clara sobre um adversário difícil, num relvado intermitente e longe do conforto do lar é sempre um resultado importante, especialmente quando garante mais uma semana de liderança isolada no campeonato e ainda permite aumentar a vantagem para alguns dos principais rivais na luta ao título. E conseguir tudo isso com uma exibição convincente, a encerrar uma semana que podia ter sido traumatizante, merece o devido registo. Mais ainda quando os protagonistas do triunfo de ontem foram exactamente os mesmos que passaram a noite de terça-feira a lavrar o campo de batatas que fica ao fundo das bancadas do Estádio Tehelné Polne, em Bratislava, sem acusarem o esforço sobre-humano que tiveram de realizar. E como se mesmo tudo isso não chegasse, o facto do União de Leiria se ter colocado em vantagem aos 35' de jogo, de resto com um golo fantástico de Fábio Felício, só serve para tornar o triunfo do FC Porto ainda mais impressionante.

 

FC Porto?s Diego Cunha (R), from Brazil,

Por uma vez, Co Adriaanse não mudou nada na equipa. Considerando a tradição e o esforço físico realizado frente ao Artmedia, admitia-se que mudasse, mas não. Desta vez o holandês manteve não só a forma mas também o conteúdo e entrou em Leiria a mandar num jogo que Jorge Jesus preferiu controlar à distância. O Leiria entregou o domínio da partida ao FC Porto, defendendo-se das investidas dos adversárias com uma primeira linha de quatro médios de tracção atrás, a que se seguia o trinco Paulo Gomes - com instruções para marcar Diego - e finalmente a defesa propriamente dita. No ataque, só Paulo César fazia companhia aos centrais portistas e tinha autorização jogar à frente da linha da bola.

O esquema de contenção resistiu aos primeiros ataques dos portistas, quase todos desenhados na esquerda pelos pés de Quaresma. De resto, o golo de Fábio Felício, marcado contra a corrente do jogo, como acontece com quase todos os golos marcados por equipas que apostam tudo no contra-ataque, reforçou ainda mais a aposta do Leiria num futebol de demolição. Noutras ocasiões, a desvantagem teria sido intransponível para os portistas. Desta vez, contudo, a reacção ao golo do Leiria não podia ter sido mais violenta. Apoiado no meticuloso trabalho de recuperação de jogo realizado por Paulo Assunção no meio-campo, o FC Porto inclinou-se ainda mais sobre a baliza de Costinha, e, num minuto, deu a volta ao resultado. Primeiro, com a ajuda de Laranjeiro, que confirmou o desvio de McCarthy a um cruzamento de César Peixoto. Depois, com o auxílio de Costinha, que não conseguiu tirar o cruzamento de Quaresma da cabeça de Lisandro. E o jogo foi para intervalo virado do avesso.

A perder, Jesus arriscou. Fez entrar Ferreira para o ataque e deu instruções aos alas para subirem até lá à frente e servirem o ponta-de-lança. O jogo ganhou velocidade e espaço, espalhando-se pelo campo todo. O Leiria procurava empatar, o FC Porto aumentar a vantagem e as oportunidades rondavam as duas balizas, mantendo o resultado final em suspenso e o jogo interessante mesmo que nem sempre bem jogado. Diego colocaria um ponto final na discussão aos 89'. 
 


Ficha de jogo


FC Porto?s Diego Cunha (L), from Brazil,


Estádio Municipal de Leiria | relvado: sofrível| espectadores: 4 337 | árbitro: Pedro Henriques, Lisboa| assistentes: António Godinho, Carlos Santos | 4º árbitro: António Resende

Leiria 1 - FC Porto 3
GOLOS [1-0] Fábio Felício 35', [1-1] Laranjeiro p.b. 41', [1-2] Lisandro 42', [1-3] Diego 89'


FC Porto
99 Vítor Baía GR
3 Ricardo Costa LD
14 Pepe DC
4 Pedro Emanuel DC
21 César Peixoto LE
18 Paulo Assunção MD
20 Diego MO
8 Lucho González MO
11 Lisandro AD 87'
9 McCarthy AV
7 Quaresma AE 90'
1 Helton GR
12 Bosingwa LD
35 Cech LE
6 Ibson MD
17 Jorginho AV 87'
25 Ivanildo AV 90'
39 Hugo Almeida AV


Amarelos 69' Quaresma, 70' McCarthy, 90+2' Paulo Assunção 
 


ESTATÍSTICA DO JOGO


FC Porto
16 remates
0 poste
3 à baliza
3 golos
10 fora
2 pequena-área
8 grande-área
6 fora da área
11, 1% eficácia remate/golo
18 faltas cometidas
4 cantos
5 foras-de-jogo

7 Diego


FC Porto?s Diego Cunha (C), from Brazil,


Ideias simples com toque refinado. Essa combinação surgiu a espaços, entrecortando o futebol soluçante que lhe emperrou os movimentos nos primeiros minutos. Há dois lances que exigem uma nota vitaminada: um corte vital em cima da linha, evitando um golo de Ferreira, e o remate certeiro que encerrou a história do jogo. Aplicadíssimo. 


Fonte:OJogo


Imagens:Gettyimages
 

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 17:36

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 10 de Dezembro de 2005

Ultimas

 di_di_Di.jpg


 O médio-ofensivo continua a ser alvo de cobiça no Brasil e ontem foi a vez do director para a área do futebol do Santos, Francisco Lopes, revelar que existe interessa na contratação de Diego. No entanto, e segundo o assessor, o jogador do FC Porto não está interessado em regressar ao campeonato brasileiro



É a primeira vez que o Santos assume publicamente que está a envidar todos os esforços para contratar Diego na reabertura do mercado em Janeiro. Francisco Lopes, director do clube brasileiro para a área do futebol, revelou ontem que Mário Mello, director jurídico do Peixe, se encontra em terras lusas para aferir da possibilidade de empréstimo do médio do FC Porto. "Ele (Mário Mello) está em Portugal para tentar trazer o Diego de volta ao Brasil. Queremos saber se existe alguma possibilidade concreta de isso acontecer, de forma a negociarmos uma possível cedência", começou por afirmar. Francisco Lopes revelou ainda que Mário Mello é "esperado nos próximos dias em São Paulo", e que não haverá nenhuma tomada de posição antes do início da próxima semana, até porque o Santos vai amanhã a eleições para a direcção do clube. "Antes de sábado, dia da eleição, não vai haver nenhuma decisão sobre esse assunto. Estamos a tentar contratar bons jogadores para o clube e andamos no mercado a estudar todas as possibilidades. Por isso fomos a Portugal", adiantou. 
 


Abordagem da Alemanha


No entanto, Rodrigo Righetti, assessor de Diego, não acredita na possibilidade do médio-ofensivo regressar neste momento ao Brasil, explicando que o jogador "quer continuar na Europa", onde pretende permanecer por muitos anos. "A probabilidade do Diego sair do FC Porto para regressar é praticamente nula. Ele não quer voltar ao campeonato brasileiro neste momento, porque se o fizer, a Imprensa vai dizer que ele fracassou na Europa. Ele pretende consolidar o seu futebol fora do Brasil e, ao contrário do que algumas pessoas julgam, ele não pensa a curto prazo, mas sim a longo prazo. Nesse sentido, não é por estar a atravessar uma fase mais complicada ou por estar cada vez mais longe da selecção brasileira que vai mudar de ideias", explicou.


Nos últimos dias tem sido noticiada a intenção de um clube alemão em adquirir os direitos desportivos de Diego, emprestando-o posteriormente a um clube brasileiro até ao final da presente temporada. Rodrigo Righetti confirmou a existência de uma "abordagem", mas voltou a afirmar que a intenção do médio-ofensivo passa por permanecer no FC Porto. "Soube que o pai (e empresário) do Diego foi contactado por um clube alemão para saber da disponibilidade quanto a uma possível transferência, mas a verdade é que o Diego não quer sair do FC Porto. Nas conversas que temos tido, ele diz-me sempre que adora a cidade, o clube e também os adeptos, que têm demonstrado em todos os momentos um grande carinho por ele. É lógico que não está satisfeito pela actual situação, mas isso é normal num jogador que tem ambição e quer jogar sempre mais", concluiu.


leiria_fcp.jpg


 A saída de Bruno Alves é a única novidade na lista de convocados do F.C. Porto para o jogo deste sábado com a União de Leiria. Com a equipa praticamente na máxima força, Co Adriaanse leva 19 elementos para o embate da 14ª jornada da Liga portuguesa.


Lista de convocados:
Guarda-redes: Helton e Vítor Baía.
Defesas: Bosingwa, Cech, César Peixoto, Pedro Emanuel, Pepe e Ricardo Costa.
Médios: Diego, Ibson, Jorginho, Lucho Gonzalez e Paulo Assunção.
Avançados: Alan, Hugo Almeida, Ivanildo, Lisandro Lopez, McCarthy e Quaresma.


Fontes: MaisFutebol e OJogo

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 16:24

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2005

A guerra da lama

Caso encerrado. No dia das decisões, a má e a boa sorte misturaram-se para decidir pelo FC Porto num jogo de pouco futebol, grandes dificuldades e demasiados factores aleatórios. Esta época, também é verdade que a Liga dos Campeões não quis nada com a equipa de Adriaanse, pelo que talvez não seja mau de todo tirar a ficha da tomada


56348701.jpg


Contra o termómetro (zero graus), contra o vento, contra a chuva, contra o creme de relva em que teve de jogar a última carta na Liga dos Campeões, o FC Porto fez os possíveis por manter a dignidade, mas era tão fácil conseguir semelhante coisa, ontem, em Bratislava, como dar dois passos numa daquelas piscinas de bolas da McDonalds. O empate, roubado ao Artmedia por um árbitro também lamacento, até podia ter sido desfeito para qualquer dos lados, porque era uma dessas noites, só que, dado o registo internacional do FC Porto esta época, seria sempre improvável que caísse para o seu, daí o último lugar no grupo e a eliminação. Os eslovacos adoraram a descida à Taça UEFA.

Se há dias em que o espírito de sacrifício está autorizado a deixar de ser apenas um lugar comum, ontem foi um deles. A temperatura baixa aguenta-se, a chuva glacial e o vento aleatório também, mas o relvado com a consistência de uma fatia de pão barrada a Nutela exige aos jogadores que puxem pelo tractor que há dentro deles. E o FC Porto descobriu que tem boas máquinas, mesmo onde ninguém esperaria encontrá-las. Diego, por exemplo, foi uma escolha muito acertada de Adriaanse, depois de ter sido quase unânime a constatação de que Ibson não se adaptou muito bem ao lamaçal de Barcelos, recentemente. Há treinadores seguros de que, em situações como a de ontem, a habilidade para tornear as birras do terreno é tão ou mais importante do que a força ou o peso. Adriaanse é um deles e Diego ajudou-o a provar que tem razão, antes de sair, ao intervalo, quando já dava sinais de fadiga. 


56348658.jpg
 


Riscos ao meio na segunda parte



Dessa capacidade de luta genérica saiu, na primeira parte, um lance em que, possivelmente (é difícil ter a certeza seja do que for com os óculos cheios de água), Pepe roubou da baliza um golo a McCarthy. A seguir, o vento, as mudanças tácticas e talvez a maior resistência física puseram o jogo no colo do Artmedia, embora isto não queira dizer exactamente o mesmo que numa partida normal. Ontem, a bola pôde parar onde muito bem lhe apeteceu, nesta poça aconchegante ou naquele ressalto sedutor, conforme lhe deu na veneta, à revelia de talento, força, combatividade, etc. Ao chamar Hugo Almeida, reduzindo, numa primeira etapa, o meio-campo a dois jogadores, Adriaanse partiu o campo em duas linhas de avançados e defesas, esquecendo os médios que, de qualquer forma, só podiam atolar-se na lama, mais passo, menos passo. A ideia era arriscada, mas rendia uma abertura de que antes o FC Porto não dispunha. Foi como apostar no vermelho, sabendo que talvez as casas pretas estivessem em maioria na mesa, porque não havia dúvidas quanto à superioridade anatómica dos eslovacos.


Nos riscos, Adriaanse ficou claramente a perder, também porque a ventania decidiu intervir, segurando no ar a maioria dos contra-ataques portistas e levando os do Artmedia até muito perto de Baía. Como a via terrestre estava impraticável, o FC Porto teve de esperar pela mudança de humores do clima, suportando entretanto uma longa série de incidentes na defesa, incluindo dois penáltis esquecidos por Merk e um pontapé, a um metro da baliza abandonada, em que Vascak parecia um mau golfista a tirar a bola de dentro do areal.


A etapa seguinte de Adriaanse, já o empate do Rangers com o Inter parecia adormecido em definitivo, era o investimento total e para isso o holandês substituiu Pedro Emanuel por Bosingwa, encostando este à esquerda e passando a jogar com três defesas. Isto algures entre a contabilidade dos ditos incidentes ofensivos do Artmedia e é óbvio que a redução da última linha não contribuiu para lhes diminuir o número. Por outro lado, é verdade que os contra-ataques foram aparecendo mais vezes e já se sabe como é isto da estatística: quanto mais desafios se fizesse à relva e ao clima, maiores as probabilidades de que um deles se esgueirasse por entre eles. Podia ter acontecido. Em menor proporção do que no lado contrário do campo, mas podia ter acontecido. É esse o consolo do FC Porto, num dia de azar verdadeiro, por força das condições patéticas do jogo decisivo e no qual qualquer crítica negativa seria muito provavelmente injusta, quer para Adriaanse, quer para os jogadores.


Ficha de jogo


Estádio Tehelné Pole | relvado: péssimo | espectadores: 13 000 | árbitro: Makus Merk, Alemanha | assistentes: Christian Schraer, Jan-Hendrik Salver, Alemanha | 4º árbitro: Babak Rafati, Alemanha


Artmedia 0 - FC Porto 0


99 Vítor Baía GR
3 Ricardo Costa LD
14 Pepe DC
4 Pedro Emanuel DC 58'
21 César Peixoto LE
18 Paulo Assunção MD
8 Lucho MO
20 Diego MO 46'
7 Quaresma AD 71'
9 McCarthy AV
11 Lisandro AE
T. Co Adriaanse
12  Helton GR
12 Bosingwa LD 58'
35 Marek Cech LE
6 Ibson MD
17 Jorginho MO 71'
25 Ivanildo AE
39 Hugo Almeida AV 46'


Amarelos 4' César Peixoto, 35' Diego, 54' Pedro Emanuel, 82' Bosingwa


 


4 Diego


56348507.jpg


Tentou inventar uma nova figura de estilo no futebol: o brinca na lama. A coisa ainda funcionou em dois ou três lances e seria injusto pedir-lhe mais num tapete tão enrugado. Descaído muitas vezes sobre a direita, permitiu que Lisandro se desviasse para a área. Boa ideia no papel, difícil na prática. Viu um amarelo por uma entrada mais viril, tendo sido sacrificado ao intervalo.
 


 Diego
"Estamos obrigados a vencer o campeonato"


56348654.jpg


Com a Liga dos Campeões descartada, os jogadores sentem-se na obrigação de vencer o campeonato. Foi esta a ideia transmitida por Diego, ressalvando que ontem era praticamente impossível fazer melhor. "Devido às condições do relvado brilhar estava fora de hipótese. Fizémos tudo para contrariar isso, mas infelizmente não valeu o sacrifício. Agora estamos obrigados a vencer o campeonato. Falhámos um dos objectivos, que era a qualificação para a fase seguinte da Liga dos Campeões, e também não conseguimos qualificarmo-nos para a Taça UEFA. A dedicação ao campeonato tem de ser a cem por cento", referiu Diego.


56349603.jpg


PS: Quis mesmo acabar com esta imagem, porque esta lama foi responsavél por um jogo miseravél e pelo cuzinho sujo do Di*** :D


Fonte: OJogo


Imagens:Gettyimages

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 22:10

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2005

Post para voces

oi15.gif


 


boasemanaum.gif


 


beijostchal.gif


Owa miguinhos! Gifs muito bonitos que encontrei aqui na net! Muitos parabens as meninas que os fizeram! Esperam que gostem e comentem muitooo***

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 22:27

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

♥Deixa a tua mensagem ao Diego

clubediego@hotmail.com

♥Links

Site Oficial do FCPorto
Site Oficial do Diego
Flog do Diego na Copa América
Postiga The Best
Moon Girl
Nação Portista
Maniche O Motor
Diego da Vila
Diego Ribas 10
Diego Da Vila Forever
Grupo Hélder Barbosa
Grupo Ricardo5, Ibson31 e Lucho8
Grupo Lucho González
Grupo Amo-te Porto
Flog Amo-te Porto
Flog Amo-te Porto da Daniela
Diego Ribas FC
Blog Tripeiras
Blog FCP Mirandela
Flogão Diego Ribas
Fotolog Diego O Ribas

♥Posts recentes

Actualização

Diego confiante

Depois da recuperação, Di...

A dar uma actualizadela :...

Finalmente consegui actua...

Bremen empata na Liga dos...

Diego ajuda na vitória do...

Diego brilha na Selecção

O bronze olimpico e a der...

Brasil a caminho do ouro!

♥Arquivos

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005