Domingo, 28 de Maio de 2006

Diego organiza jogo de solidariedade

Em férias no Brasil, Diego mostra que também é craque fora dos campos. Nos últimos dias, o jogador vem trabalhando duro para organizar o jogo beneficente que vai lançar oficialmente a sua entidade: a Gol Amigo, que apoiará crianças carentes da região de Ribeirão Preto.

O jogo acontecerá no próximo dia 19 de junho, em Ribeirão Preto, no estádio Santa Cruz, e reunirá grandes craques do futebol brasileiro. Diego está fazendo os convites aos jogadores pessoalmente, além de acertar outros detalhes deste grande evento.

Nos próximos dias, o site Diego10 dará mais informações sobre o jogo beneficente. Fique ligado(a)!

Fonte: Comcept Sports Consulting
publicado por Diego_Meu_Anjinho às 13:23

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 22 de Maio de 2006

Diego explica tudo

"Quanto menos jogasse, menos ganhava"

Se Adriaanse nunca lhe apontou o dedo em termos de disciplina ou dedicação, só restou ao médio concluir que o afastamento dos convocados resultou do facto de ter um contrato por objectivos. Sem arrependimentos Diego, que não achou a passagem pelo FC porto tão má quanto pintaram, despediu-se dos adeptos


Diego acertou um contrato de quatro anos com o Werder Bremen e despediu-se ontem de Portugal com mais dúvidas do que certezas. O médio ainda não percebeu os motivos que determinaram a saída definitiva das opções de Adriaanse e confessou ter-se sentido "desrespeitado" ao ficar de fora da convocatória para o Bessa, que permitiu a entrada de jogadores da equipa B. Financeiramente, o afastamento de quase três meses prejudicou-o. "O meu contrato era por objectivos: quanto menos jogasse, menos ganhava. Fiz esse acordo porque confiava em mim", justificou, encontrando nessa "coincidência", como lhe chamou, uma explicação viável para justificar o desaparecimento. "Não foi por indisciplina e o treinador sempre elogiou o meu trabalho", lembrou. Pelo meio, lamentou ainda não ter sido possível explicar-se mais cedo aos adeptos. Culpa do silêncio imposto pelo clube. "Tê-lo-ia feito há mais tempo, mas com cuidado para não prejudicar o grupo. Jamais deixarei de ter o meu pensamento e todos mereciam uma satisfação".

Recuando na história, Diego explicou que o treinador lhe disse depois da derrota na Amadora que a equipa ia mudar e que ele seria um dos sacrificados. "Disse-me que a minha posição deixaria de existir e que as minhas características não se encaixavam no sistema", contou, sublinhando que em função dessa opinião foi obrigado a conversar com Pinto da Costa e com Antero Henrique, com a ajuda do pai, Djair Cunha, para encontrar um rumo para a carreira. Afirmando que queria assumir a parte da responsabilidade que lhe competia, Diego gostaria que outros também o fizessem: "A equipa foi mal programada na primeira época. Não havia sequer treinador, o que atrasou tudo. Nunca reclamei de nada".

Metralhado por questões várias, Diego quis responder a Pinto da Costa, que, em Arouca, sublinhara o fraco rendimento do brasileiro. "Respeito o presidente, pela idade e pelo currículo. Fez muito pelo futebol, tem os seus méritos, o que não significa que não erre, como qualquer humano. Mas tenho mesmo de lhe responder: não saí do Brasil para provar nada, muito menos para ele. Não era uma revelação no Brasil, mas sim uma realidade com títulos e que já estava na selecção. Não vim por dinheiro, mas porque o FC Porto ia de encontro aos meus objectivos. Não mudo o que disse na altura". Os quatro títulos conquistados deixaram-no satisfeito, mas o que leva do Porto como mais emblemático é o apoio dos adeptos. "Por mais que gostasse da cidade e do país, não podia continuar assim", disse, embalando depois a mensagem aos adeptos: "Nunca tive um carinho tão grande. Apesar de ter ficado três meses sem jogar, não fui destruído. A recepção que tive no estádio depois do Guimarães foi fantástica". O Werder ganhou a corrida, mas Diego não quis dizer se houve clubes portugueses a perguntar por ele. "De oficial, não". E riu-se muito.


Scolari como exemplo de uma contradição


Quiseram saber o que pensava Diego da guerra de palavras entre Scolari e Pinto da Costa, a última das quais a propósito da convocatória para o Mundial. O brasileiro sublinhou o assunto com uma comparação curiosa. "Quando fui afastado, o meu pai fez declarações e, na altura, o presidente disse que não se devia contestar as opções do treinador, mas é o que ele está a fazer agora, contestando as opções de Scolari, um treinador campeão do Mundo", disse. Ainda que Quaresma, referiu, seja "um grande jogador". Bom para Portugal, na Alemanha, seria "chegar à final".

Golos


"Tenho de melhorar nesse aspecto, mas podia tê-lo feito esta época. O treinador disse-me depois do jogo com Marítimo que eu fazia poucos golos. Só o César, que fez dois, tinha mais do que eu, que marquei contra o Artmedia. E, segundo O JOGO, era o jogador que mais rematava"
 

Defender


"A época passada exigia mais de mim na marcação. Os três médios tinham de trabalhar na defesa, coisa a que não estava habituado. Esta época jogava como número 10 e nunca me foi pedido que marcasse mais; era apenas obrigatório marcar o trinco adversário"
 

Deco


"A comparação era inevitável, mas a minha maneira de jogar é diferente. Ele joga mais recuado. O clube sentiu falta de substituir um ídolo, mas isso nunca me atrapalhou e sempre disse que tinha Deco como um exemplo"
 

Banco


"É estranho que um jogador que custou sete milhões de euros não seja convocado, apesar de respeitar os meus colegas. Nuca me deram explicações"

Fonte:OJogo

È uma tristeza para mim ver partir o meu idolo mas a verdade é que ele finalmente vai poder ser feliz, jogar com regularidade e mostrar o seu valor...O que mais me orgulha é que daquelas pessoas que ele diz que o apoiaram durante os 3 meses em que esteve parado eu sou uma delas e isso orgulha-me muito e será assim para sempre! Boa Sorte Diego!

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 21:52

link do post | comentar | favorito
Domingo, 21 de Maio de 2006

Diego ja partiu

O médio brasileiro viajou ontem bem cedo para a Alemanha aonde foi realizar exames clínicos antes de assinar pelo Werder Bremen. Hoje, de volta a Portugal, Diego vai explicar todo o processo de transferência que rendeu sete milhões de euros ao FC Porto em conferência de imprensa


O ponto final no FC Porto havia sido dado na véspera, quando o Werder Bremen chegou a acordo com o campeão nacional para levar Diego para a Alemanha, deixando nos cofres da SAD qualquer coisa como sete milhões de euros, e ontem, às primeiras horas da manhã, Diego partiu em busca do novo sonho, naquela que será a segunda experiência europeia. Acompanhado do pai e representante, Djair Ribas da Cunha, e do Djukic, antigo jogador do Farense que serviu de intermediário no negócio com os alemães, Diego viajou para Bremen mas preferiu a contenção verbal em vez da exposição clara e aberta daquilo que tem sentido nos últimos tempos. Resguardou-se no facto de ainda não ter assinado contrato com o Werder Bremen, e de estar marcada para hoje ao final da tarde uma conferência de Imprensa no Porto, na qual dará mais pormenores, para justificar a pouca vontade de falar. Ainda assim, disse que sai a bem do FC Porto e que não guarda rancor a ninguém, apesar de se lhe notar alguma frustração pelo facto de não conseguir impor-se no campeão nacional, numa época em que o clube conseguiu a dobradinha.

À falta da realização dos exames médicos, e da assinatura no contrato, Diego começou por ser cauteloso. "Tenho de deixar claro que ainda não tenho contrato assinado, por isso não quero precipitar-me em qualquer tipo de declaração. Vamos acertar os últimos detalhes e tentar chegar a um acordo com o Werder Bremen. Se isso acontecer, depois falo", disse o internacional brasileiro. As razões para mudar de clube estão subjacentes à pouca utilização por parte do treinador, que entende que Diego não encaixa no sistema táctico vigente. "Estou à procura da melhor alternativa para mim e para o FC Porto. Quero que as duas partes saiam satisfeitas e vou em busca desse desejo", explicou.

Apesar de uma época frustrante, o internacional brasileiro diz que nunca duvidou das suas capacidades. "Não chego a estar triste, até por tudo o que aconteceu nestes tempos. Deu para conhecer ainda mais o meu valor. Aliás, jamais duvidei do meu valor", frisou Diego. Mas nota-se que falar do FC Porto ainda é doloroso para o médio, um verdadeiro ídolo nas bancadas. "Ainda é cedo para falar de certos assuntos. O que posso dizer é que não guardo mágoa de ninguém", concluiu.

Fonte:OJogo

Boa Sorte Campeão

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 10:53

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 18 de Maio de 2006

A nossa nova paragem é a Alemanha

                 O internacional brasileiro vai jogar no Werder Bremen a partir da próxima temporada e o FC Porto recebe sete milhões de euros pelo negócio. "Foi um final feliz para todas as partes", disse a O JOGO Djair Ribas da Cunha, pai e empresário do jogador

Djair ribas da cunha: "Foi um final feliz. Estamos aliviados. Considero que foi um bom negócio para o FC Porto".

"O negócio está feito. Há acordo entre todas as partes e o Diego vai jogar no Werder Bremen durante as próximas quatro temporadas". A revelação foi feita ontem por Djair Ribas da Cunha, empresário do jogador, que colocou, deste modo, um ponto final na atribulada saída do internacional brasileiro do FC Porto. O negócio vai render "sete milhões de euros" aos dragões, anunciou ainda o pai do médio-ofensivo em declarações a O JOGO, ou seja, a verba que a SAD azul e branca teve de pagar há dois anos ao Santos para contratar o internacional brasileiro. No entanto, a primeira proposta dos alemães encontrava-se apenas nos seis milhões de euros. "Felizmente eles subiram a parada e o negócio foi feito. Estamos felizes", afirmou Djair Ribas da Cunha, confirmando, deste modo, a notícia avançada por O JOGO.

Neste momento, falta apenas passar para o papel o acordo verbal existente entre Diego e o Werder Bremen, uma vez que entre os dois clubes está tudo tratado, conforme reconheceu o empresário do jogador. "Vamos assinar amanhã [hoje] um pré-contrato com o Werder Bremen, que se encontra representado na cidade do Porto. Depois, ficam a faltar apenas os habituais exames médico para que a transferência seja definitivamente consumada. No entanto, na prática, já está tudo fechado", afirmou.

Depois de algumas críticas à administração da SAD e a Co Adriaanse pela forma como estavam a gerir o caso de Diego, Djair Ribas da Cunha congratulou-se com o acordo celebrado, fazendo questão de referir que todas as partes ficaram satisfeitas com este desfecho: "Foi um final feliz. Estamos aliviados. Considero que foi um bom negócio para o FC Porto".

Diego deve viajar nos próximos dias para a Alemanha com o objectivo de realizar os necessários exames médicos, apresentando-se de seguida aos adeptos do Werder Bremen. O clube alemão terminou a Bundesliga no segundo lugar, logo atrás do Bayern de Munique, tendo garantido, por isso, o acesso directo à próxima edição da Liga dos Campeões. Sendo assim, Diego até pode reencontrar-se com o FC Porto já na próxima temporada...

Fonte:OJogo

Vou ter saudades tuas mas onde estiveres eu estarei...

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 09:53

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 15 de Maio de 2006

Setubal-0 FCPorto-1 Dobradinha!!!!

O F.C. Porto já anunciou a lista de convocados para a final da Taça de Portugal, do próximo domingo, frente ao V. Setúbal. Depois da rotatividade operada no último jogo da Liga, com o Boavista, Co Adriaanse chamou os vinte principais jogadores.

Sem poder contar com os ainda lesionados Bruno Moraes e César Peixoto, o técnico holandês fez regressar Helton, Bosingwa, Pepe, Paulo Assunção, Raul Meireles, Lucho González, McCarthy, Quaresma e Jorginho, deixando de fora jogadores como Ivanildo e Sokota, entre outros.

A equipa volta a treinar amanhã pelas 11h30, no Dragão, almoça no estádio e parte às 15h para Lisboa. Ao contrário do normal, desta vez a viagem é feita de avião.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Hélton e Vítor Baía
Defesas: Bosingwa, Pedro Emanuel, Pepe, Bruno Alves, Marek Cech e Ricardo Costa
Médios: Paulo Assunção, Raul Meireles, Lucho González, Ibson, Anderson e Jorginho
Avançados: Alan, Hugo Almeida, Lisandro Lopez, Benni McCarthy, Quaresma e Adriano

A consagração:

O extremo já tinha sido decisivo na conquista do título de campeão pelo FC Porto e, ontem, entregou a Taça de Portugal numa bandeja a Co Adriaanse, ao desenhar o golo de Adriano que decidiu o jogo e permitiu aos portistas alcançarem a quinta dobradinha do seu historial. Mesmo muito perdulário, o FC Porto foi a melhor das três equipas em campo, mas o Setúbal esteve muito longe de ser a pior


Durante mais de meia-hora, a defesa do Setúbal conseguiu absorver as sucessivas investidas do ataque do FC Porto sobre a baliza de Rubinho. Durante mais de meia-hora, não foi possível perceber brechas na muralha defensiva que Hélio desenhou meticulosamente no seu meio-campo. Durante mais de meia-hora, o jogo pareceu irremediavelmente encravado no empate que resultava do domínio consentido e inconsequente do FC Porto. Mas, de repente, ao fim de mais de meia-hora, a bola foi parar aos pés de Quaresma. O extremo avançou alguns passos, olhou para a área e viu o lugar onde Adriano ia estar uma fracção de segundo depois. Foi para lá que cruzou, milimétrico, a bola. Mais rápido que Veríssimo, o brasileiro estava onde Quaresma o tinha previsto, a cabecear forte, para o único golo do jogo. Um golo que valeu uma dobradinha, a quinta da história do FC Porto. É claro que houve mais jogo antes e depois disso, houve mais oportunidades de golo, especialmente depois disso, mas o jogo decidiu-se aí, nesse momento de inspiração de Quaresma, semelhante a tantos outros, igualmente decisivos, que fizeram a história da temporada que terminou ontem. Quaresma, esse, continua. Pode vê-lo em breve, num estádio perto de si, durante o Europeu de Sub-21. Pelos vistos, não tinha lugar no Mundial. Mas adiante.

FC Porto?s Portuguese Ricardo Quaresma (

O FC Porto venceu a Taça de Portugal, a 13º da sua história, mas teve de transpirar para o conseguir e, pelo menos uma boa parte desses suores foram gelados, servidos à temperatura dos calafrios que o Setúbal provocou. Os sadinos entregaram o favoritismo e, com ele, o domínio do jogo ao FC Porto, mas nunca abdicaram de explorar oportunidades de o decidir a seu favor. É verdade que jogaram em contenção, mais preocupados em defender do que em atacar, mas sempre que o fizeram, explorando a velocidade de Varela e especialmente a inesgotável inspiração de Carlitos, foram suficientemente perigosos para que o resultado do jogo se mantivesse em aberto até ao último dos quatro minutos de descontos dados por Duarte Gomes.

Por outro lado, é certo que a incerteza no resultado e a sua escassez se ficou a dever muito mais ao desperdício dos portistas do que ao perigo criado pelo Setúbal. Houve pelo menos duas boas mãos-cheias de oportunidades de golo claras desperdiçadas pelo FC Porto, especialmente no segundo tempo quando os sadinos, claro, concederam mais espaços na procura do empate. McCarthy, Adriano, Alan, Jorginho, Lucho e Ibson estiveram mais do que uma vez sozinhos na cara de Rubinho sem conseguirem fazer melhor do que rematar frouxo e à figura do guarda-redes do Setúbal, um dos protagonistas do jogo de ontem, mesmo que sem nunca ter precisado de se aplicar a fundo. Já Helton, do outro lado, não pode dizer o mesmo. O guarda-redes do FC Porto teve de se estirar para defender um remate fantástico de Bruno Ribeiro, aos 60’. Antes disso, ainda durante o primeiro tempo, tinha visto Carlitos disparar à barra na sequência de um alívio de Pepe para a frente da área. Aliás, Carlitos voltaria a ser perigoso aos 79’, com um cruzamento largo que se transformou em remate e que ia traindo Helton. Ainda assim, o balanço final, acaba por ser claramente favorável para o FC Porto que termina a temporada com mais um título e com uma pequena espreitadela de bónus ao que pode ser o futuro próximo da equipa, concretamente com a presença de Anderson entre titulares.
 

Ficha de jogo


estádio do Jamor | relvado: excelente estado | espectadores: 37 000 | árbitro: Duarte Gomes [Lisboa]| assistentes: Arlindo Santos e José Lima | 4º árbitro: Augusto Duarte

FC Porto 1 - Setúbal 0
GOLOS [1-0] Adriano40’

FC Porto
1 Helton GR
12 Bosingwa LD
14 Pepe DC
4 Pedro Emanuel LE
18 Paulo Assunção MD
8 Lucho González MO
30 Anderson MO 76’
27 Alan AD
7 Quaresma AE 67’
28 Adriano AV
9 McCarthy AV 86’
T: Co Adriaanse
99 Vítor Baía GR
3 Ricardo Costa DC
35 Marek Cech LE 76’
6 Ibson MD 86’
16 Raul Meireles MO
17 Jorginho MO 67’
39 Hugo Almeida AV

Amarelos 15’ Pepe, 81’ Adriano, 90’+4’ Helton

O que dizem do nosso menino:

Miguel Angel Nadal, antigo internacional espanhol, está a tentar colocar Diego no Deportivo da Corunha. O F.C. Porto já manifestou a sua disponibilidade para negociar o jogador, embora mantendo a fasquia elevada. Os dragões pagaram sete milhões de euros pelo médio brasileiro e querem um retorno praticamente intacto desse investimento.

«Estou à espera do final do campeonato espanhol para iniciar conversações com os dirigentes do D. Corunha. Mas podem surgir outros clubes espanhóis interessados. Estou a colaborar com o pai e empresário do Diego, no sentido de arranjar uma solução para ele em Espanha», reconheceu Nadal, agora empresário de jogadores, ao Maisfutebol.

Entretanto, em Inglaterra, voltam a perfilar-se candidatos à contratação de McCarthy, que vai entrar no último ano de contrato com o F.C. Porto e já foi abordado para renovar. O Portsmouth, que fez uma investida em Janeiro, promete voltar à carga a breve prazo, mas não está sozinho na corrida. O Everton, por exemplo, observou o desempenho do sul-africano nos últimos jogos da Liga 2005/06.

«McCarthy está na lista de potenciais reforços do clube, mas a lista é extensa e ainda não decidimos se vamos avançar para ele. Tentamos em Janeiro, o jogador queria vir, mas o F.C. Porto não deixou. A diferença entre o que queríamos pagar e o que o clube pedia era grande e não sei se agora vai ser diferente», disse ao Maisfutebol Peter Storrie, director-geral do Portsmouth.

Na Eslováquia, o seleccionador Dusan Galis divulgou a convocatória final parao encontro particular com a Bélgica, marcado para 20 de Maio. Marek Cech, que fazia parte da lista provisória, está no leque de escolhas do treinador eslovaco. O lateral portista tem de apresentar-se a 17 de Maio, depois de disputar a final da Taça de Portugal, perfilando-se como improvável a sua integração na comitiva do F.C. Porto que seguirá para Moçambique e África do Sul.

Fontes: MaisFutebol e OJogo

Imagens:Gettyimage e MaisFutebol

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 11:12

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

♥Ele


Nome: Diego Ribas da Cunha
Data de Nascimento: 28-02-1985
Local de Nascimento: Ribeirão Preto
Nacionalidade: Brasileira
Altura: 1.73
Peso: 73 kg
Posição: Médio Ofensivo
Equipa Actual: Werder Bremen
Principais Títulos: 2 Campeonatos Brasileiros (2002 e 2004), pelo Santos;1 Campeonato Português (2006), pelo FCPorto; 1 Supertaça Portuguesa (2004) e 1 Taça Intercontinental (2004), pelo FCPorto; 1 Campeonato Sul-Americano, pela Selecção do Brasil de Sub-17, 1 Torneio de Toulon e 2 Copa América (2004 e 2007), 1 Torneio Ilhas Canárias pela Selecção Sub-17 (2001) e 1 Taça da Liga da Alemanha, pelo Werder Bremen (2006)
Site Pessoal: www.diego10.com.br

♥Comenta


♥Linka-me




♥Deixa a tua mensagem ao Diego

clubediego@hotmail.com

♥Parceira


♥Concursos





Sports blogs
Estou no Blog.com.pt

 

♥Multimédia



Questionário Diego Meu Anjinho




♥Links

Site Oficial do FCPorto
Site Oficial do Diego
Flog do Diego na Copa América
Postiga The Best
Moon Girl
Nação Portista
Maniche O Motor
Diego da Vila
Diego Ribas 10
Diego Da Vila Forever
Grupo Hélder Barbosa
Grupo Ricardo5, Ibson31 e Lucho8
Grupo Lucho González
Grupo Amo-te Porto
Flog Amo-te Porto
Flog Amo-te Porto da Daniela
Diego Ribas FC
Blog Tripeiras
Blog FCP Mirandela
Flogão Diego Ribas
Fotolog Diego O Ribas

♥Translator

♥Posts recentes

Actualização

Diego confiante

Depois da recuperação, Di...

A dar uma actualizadela :...

Finalmente consegui actua...

Bremen empata na Liga dos...

Diego ajuda na vitória do...

Diego brilha na Selecção

O bronze olimpico e a der...

Brasil a caminho do ouro!

♥Arquivos

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

♥Visitas

Free Hit Counters


Desde 26-06-2005
online