Quarta-feira, 24 de Agosto de 2005

União europeia


A caminho do Real Madrid, Robinho já fez saber que se quer encontrar mais vezes com o amigo Diego. Fora de campo e, se for preciso, em campo também. A Liga dos Campeões pode satisfazer esse desejo e Robinho não faz por menos: o amigo do FC Porto que se prepare para umas fintas novas



HUGO SOUSA


Não serão propriamente vizinhos, mas a distância entre os dois encurtará. A transferência de Robinho para Madrid aproxima-o de Diego e que ninguém se admire se o vir um dia destes a passear pelo Porto. É o próprio quem o deixa subentendido, a título de comentário aos benefícios da mudança para o Real Madrid. Enquanto embarcava para o último jogo com a camisola do Santos, Robinho disse a quem o quis ouvir que, entre muitas outras coisas boas, a entrada na Europa permitir-lhe-á reencontrar o amigo Diego. Sem o Atlântico a atrapalhar, Robinho conta poupar uns trocos na conta de telefone e colocar os assuntos em dia pessoalmente. Há ainda a hipótese de ambos se reencontrarem em campo, o que seria inédito. O sorteio da Liga dos Campeões há-de desfazer esse mistério, mas enquanto a possibilidade, mesmo que remota, estiver de pé, Robinho não se cansará de a lembrar. Com pimenta, para dar um gostinho especial a uma relação também ela muito especial.

Até o FC Porto convencer o Santos com um cheque bem redondinho para libertar Diego, ninguém os imaginava separados. Acreditava-se no Brasil que quem levasse um acabaria por querer incluir o outro no negócio. Optar apenas por um seria como que rasgar um bilhete de lotaria, o tal que, por inteiro, tinha garantido a sorte grande ao Santos. Após anos de jejum, e com as finanças no vermelho, os santistas apostaram tudo nas camadas de formação - de onde também saiu Bruno Moraes - e acabaram por ser guiados ao título brasileiro por dois adolescentes que não tinham idade sequer para tirar a carta de condução. Diego e Robinho, precisamente. O Brasil rendeu-se ao talento de ambos e os clubes europeus trataram de os anotar nas respectivas agendas. O Santos foi resistindo às primeiras investidas, tentando manter a dupla. Sem sucesso. Fez questão de manter um, Robinho, até o Real Madrid perder a paciência e a cabeça, elevando-o à categoria de galáctico. Diego foi o primeiro a abrir a porta europeia, gostou e aconselhou o amigo a atravessar o Atlântico. A amizade entre os dois segue dentro de momentos...


Diego


"Respondo com golos"


Robinho


"Vou dar uma caneta no Diego"


publicado por Diego_Meu_Anjinho às 19:05

link do post | comentar | favorito

♥Deixa a tua mensagem ao Diego

clubediego@hotmail.com

♥Links

Site Oficial do FCPorto
Site Oficial do Diego
Flog do Diego na Copa América
Postiga The Best
Moon Girl
Nação Portista
Maniche O Motor
Diego da Vila
Diego Ribas 10
Diego Da Vila Forever
Grupo Hélder Barbosa
Grupo Ricardo5, Ibson31 e Lucho8
Grupo Lucho González
Grupo Amo-te Porto
Flog Amo-te Porto
Flog Amo-te Porto da Daniela
Diego Ribas FC
Blog Tripeiras
Blog FCP Mirandela
Flogão Diego Ribas
Fotolog Diego O Ribas

♥Posts recentes

Actualização

Diego confiante

Depois da recuperação, Di...

A dar uma actualizadela :...

Finalmente consegui actua...

Bremen empata na Liga dos...

Diego ajuda na vitória do...

Diego brilha na Selecção

O bronze olimpico e a der...

Brasil a caminho do ouro!

♥Arquivos

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005