Segunda-feira, 27 de Março de 2006

Academica-0 FCPorto-1

fcporto_academica_dianjinho.JPG

A chamada do jovem Hélder Barbosa é a principal novidade da lista de convocados de Co Adriaanse para a deslocação a Coimbra, onde este domingo, pelas 18.30 horas, a formação portista defronta a Académica. O esquerdino foi promovido ao plantel principal por Co Adriaanse em Dezembro passado e participou no jogo amigável frente ao Dínamo Moscovo realizado a 18 de Janeiro. Antes disso, na época de Mourinho, fez a estreia pela equipa principal frente ao Barcelona na inauguração do estádio do Dragão.

Oficialmente, porém, Hélder Barbosa foi convocado pela primeira vez este sábado, uma estreia patrocinada por Co Adriaanse, que agora pode também ficar marcado na carreira do promissor jovem fazendo-o alinhar pela primeira em jogos oficiais pela principal equipa azul e branca. Para compensar a entrada de Hélder Barbosa o treinador holandês extraiu da convocatória o também jovem Anderson, que já no clássico frente ao Sporting tinha ficado de fora da lista de dezoito eleitos para a ficha de jogo.

Ibson, Paulo Ribeiro e Bosingwa cedem lugar a Alan, Hélton e Jorginho

Co Adriaanse operou mais três alterações na lista de convocados relativamente ao jogo com o Sporting, deixando de fora os nomes do guarda-redes Paulo Ribeiro, do defesa Bosingwa (castigado) e do médio Ibson, que cedem os lugares no lote dos eleitos a Hélton, Jorginho e Alan. Os dois primeiros regressam, de resto, após uma paragem de várias semanas por lesão. Refira-se por fim que o avançado Adriano, que ainda ontem trabalhara condicionado devido a uma contusão na perna direita, debelou completamente a lesão e foi chamado, podendo por isso ser opção para um jogo em que apenas os crónicos Sokota, César Peixoto e Bruno Moraes não podem ser opção por lesão.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Vítor Baía e Hélton;
Defesas: Bruno Alves, Pedro Emanuel, Pepe, Ricardo Costa e Marek Cech;
Médios: Paulo Assunção, Jorginho, Raul Meireles, Lucho González e Hélder Barbosa;
Avançados: Ricardo Quaresma, Lisandro López, McCarthy, Adriano, Hugo Almeida e Ivanildo e Alan.

Fonte:MaisFutebol

O Jogo:

Um pontapé certeiro de Hugo Almeida, pouco depois de ter sido lançado por Adriaanse, desencravou o jogo e permitiu ao FC Porto manter o fôlego na liderança. A Académica começou por contentar-se com o empate e acabou surpreendida num golpe baixo do avançado.

FC Porto?s Hugo Almeida (L) celebrates a


Dizem que dá azar, mas não parece que o FC Porto tenha razões de queixa. Hugo Almeida entrou no jogo de pé esquerdo, embalando com ele um remate que Dani não conseguiu parar. Desconte-se a parcela supersticiosa do assunto e divida-se em partes a frase anterior para um exercício mais estimulante: Hugo Almeida, uso do pé e golo. Parecem contradições entrelaçadas, mas foi mesmo dessa conjugação improvável que surgiu uma bombada de oxigénio que garante fôlego na liderança. Junte-se Jorginho ao parágrafo que resume o momento determinante, porque foi dele o passe que rasgou caminho para Hugo Almeida, e, ainda antes do ponto, garante-se um final feliz por conta da reconciliação dos adeptos portistas com dois mal-amados.

Prosseguindo com a história, é justo reconhecer o protagonismo de Adriaanse. Não foi a primeira vez que o holandês se socorreu dos centímetros de Hugo Almeida, mas é precisamente por se saber como terminaram as tentativas anteriores que o facto ganha um relevo acrescido. A previsível tentação por uma abordagem mais preguiçosa, assente em lançamentos para a cabeça do avançado, tinha tudo para deixar os centrais da Académica de guardanapo pendurado ao pescoço, à espera do banquete. Apesar do improviso a que Nelo Vingada foi forçado, depois da lesão de Zé Castro, Hugo Alcântara e Paulo Adriano dominavam tudo o que vinha por alto. As duas primeiras tentativas do FC Porto nesse estilo reforçaram a ideia: o chuveirinho corria o risco de se transformar num banho de imersão, onde o líder acabaria por se afogar. À terceira, desfez-se o equívoco. Os portistas apostaram no tal golpe baixo, destruindo a eficácia defensiva da Académica. Vingada, cauteloso até aí, apostou em Luciano e tentou reverter a desvantagem. Sem grandes argumentos, até porque Adriaanse foi rápido na resposta, reconfigurando a defesa com a entrada de Ricardo Costa. 
 

Agora, o princípio

FC Porto's Argetinian player Lucho Gonza


Desde a primeira linha e das improbabilidades que a alimentaram, esta parece uma história de loucos. Fim e meio estão explicados, falta o princípio. Uma parte interessante, a começar na baliza do FC Porto. Da cartola de Adriaanse saltou Helton, mais surpresa e meia: Pepe foi desviado para a direita, o que já era admitido, mas a novidade acabou por ser Alan. Peças novas para um estilo de jogo antigo, que começou por engasgar numa linha média sintonizada com os passes errados e, quando as coisas corriam melhor, num ataque de desperdício. Nelo Vingada asfixiou bem as peças nucleares do FC Porto e, depois de perder Zé Castro, ganhou um bónus inesperado: a lesão de Lucho González. Ainda que mais dominadores, os portistas eram lentos e previsíveis na movimentação. Só faltavam mesmo os néons a anunciar o destino da bola, pelo que o empate ao intervalo não surpreendia ninguém. A postura foi parcialmente corrigida ao intervalo, garantindo outro ritmo, ainda que longe de entusiasmar. 
 

Ficha de jogo

FC Porto South African Benni Mcarthy (L)


Estádio Cidade de Coimbra | relvado: estado razoável | espectadores: 13 069 | árbitro: António Costa [Setúbal] | assistentes: António Godinho [Setúbal] e Pedro Pinheiro [Setúbal] | 4º árbitro: Luís Reforço

Académica 0 - FC Porto 1
GOLO [0-1] Hugo Almeida, 71’

FC Porto
1 Helton GR
14 Pepe LD
4 Pedro Emanuel DC
35 Marek Cech LE
18 Paulo Assunção MD
8 Lucho González MO 41’
16 Raul Meireles MO
27 Alan AD
7 Quaresma AE
28 Adriano AV 63’
9 McCarthy AV 72’
T: Co Adriaanse
31 Vítor Baía GR
13 Bruno Alves DC
3 Ricardo Costa DC 72’
17 Jorginho AD 41’
25 Ivanildo AE
11 Lisandro AV
39 Hugo Almeida AV 63’ 
 

ESTATÍSTICA DO JOGO

FC Porto
10 remates
0 poste
3 defendidos
1 golos
6 fora
1 pequena-área
7 grande-área
2 fora da área
10% eficácia remate/golo
11 faltas cometidas
5 cantos
5 foras-de-jogo

Fonte:OJogo

publicado por Diego_Meu_Anjinho às 23:05

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Tony a 2 de Abril de 2006 às 19:21
oiii
que fixe este novo visual gostei muito ;D
mas infelizemente ja faz 10 jogos consecutivos que o Diego não joga :(
jinhos fica bem

Comentar post

♥Deixa a tua mensagem ao Diego

clubediego@hotmail.com

♥Links

Site Oficial do FCPorto
Site Oficial do Diego
Flog do Diego na Copa América
Postiga The Best
Moon Girl
Nação Portista
Maniche O Motor
Diego da Vila
Diego Ribas 10
Diego Da Vila Forever
Grupo Hélder Barbosa
Grupo Ricardo5, Ibson31 e Lucho8
Grupo Lucho González
Grupo Amo-te Porto
Flog Amo-te Porto
Flog Amo-te Porto da Daniela
Diego Ribas FC
Blog Tripeiras
Blog FCP Mirandela
Flogão Diego Ribas
Fotolog Diego O Ribas

♥Posts recentes

Actualização

Diego confiante

Depois da recuperação, Di...

A dar uma actualizadela :...

Finalmente consegui actua...

Bremen empata na Liga dos...

Diego ajuda na vitória do...

Diego brilha na Selecção

O bronze olimpico e a der...

Brasil a caminho do ouro!

♥Arquivos

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005